7 de janeiro de 2018

50 coisas depois dos 50



Eu me descuidei depois dos 50. Esqueci dos meus sonhos, me desconectei de mim mesma e parei no tempo. Devo confessar a sensação inevitável de abstinência que se instalou em mim depois que eu lancei o livro e finalizei as 50 coisas. É como se o mundo retomasse o modo automático de viver e que eu já não tivesse a possibilidade de sonhar como eu sonhei antes. 

Durante os anos que antecederam os 50, enquanto eu escrevia para o blog, percebi que muitas pessoas vasculhavam seus sonhos, seus medos, seus obstáculos para transpor com alegria logo depois. Recebi incontáveis feedbacks de pessoas que se inspiraram pela minha trajetória e se desafiaram pela vida. Era o bálsamo delicioso que me nutria e me fazia seguir adiante. 

No entanto, nem tudo são flores. 
Das 50 coisas que fiz antes dos 50, o amor - que deveria ser o amor para a vida toda - se desfez. O amor idealizado acabou e agora? E agora, Vera?  Durante quase três meses, chorei quietinha na minha cama ao dormir e sonhei repetidamente dia após dia com o tal amor encantado que ficou estampado e gravado dentro de mim. Andava pelos cantos com aquela sensação de buraco dentro do peito como se faltasse um pedaço do corpo. E, com a chegada de um novo ano, de repente me  dei conta que, quando a gente se distrai, deixamos a vida nos levar sem levar a vida. Tinha eu o direito de me privar de novos tempos e me prender ao passado?

Por tudo que já vivi, por tanta gente que inspirei e motivei na vida, não podia ficar estagnada. Esta opção estava fora de cogitação. Lembrei de muitas coisas que havia sonhado e colocado no papel para fazer após os 50 - algumas que já fiz inclusive e muitas outras que gostaria de fazer. 

Como o mundo se encarrega de nos fazer trombar com acasos o tempo todo, "trombei"  com um professor de pintura e me dei conta que havia parado de pintar. Era hora de voltar. Era hora de voltar não só para a pintura, mas era hora de voltar para mim, para a minha essência, para o que eu gostava de fazer e para o que me movia.

Talvez tenha levado alguns minutos para eu me dar conta de que havia uma lista para depois dos 50. Resgatei a lista e fiz alguns ajustes e declaro, a partir de agora, aberta a temporada de novos sonhos, de novas metas depois dos 50. 

Aprender (e melhorar sempre):
1. Aprender a dar cambalhota - trauma de infância.
3. Fazer diversos tipos de arte: escultura, patchwork, etc
4. Aprender a surfar.
5. Aprender a dançar ritmos variados.
6. Pintar com várias técnicas
7. Aprender a correr bem na areia.
Curtir a vida
8. Saltar de paraquedas.
9. Andar de balão.
10. Escrever 1 livro a cada dois anos
11. Organizar um dia de fotografia.
12. Viver uma noite de Dancing Days.
13. Fazer retiro espiritual.
14. Dar entrevista para a Fátima Bernardes no programa Encontro.
15. Revisitar a cidade do Rio de Janeiro.
16. Convidar amigos para assistirem juntos o filme da minha vida.
17. Ir ao circo.
18. Fazer uma remada em grupo até as Ilhas Tijuca.
19. Correr a meia maratona.
20. Passar um dia inteirinho num spa.
21. Vivenciar a Copa do Mundo de perto.
22. Organizar um luau.
23. Andar de carro tipo Priscila, a rainha do deserto.
24. Ganhar um sorteio.
Viagens
26. Conhecer a Itália dos italianos.
27. Passar as férias relaxando numa ilha do Caribe.
28. Visitar Machu Picchu e comer ceviche à vontade no Peru.
29. Visitar as Cataratas do Iguaçu.
30. Visitar Inhotim.
31. Voltar a Pedro Leopoldo e receber a energia de Chico Xavier.
32. Passar o fim de semana numa fazenda.
33. Aprender um idioma no exterior. 
34. Visitar castelos e me sentir rainha.
35. Andar de elefante.
36. Conhecer a verdadeira Índia.
37. Fazer uma viagem divertida a Las Vegas
Sonhos de menina & Missão
38. Tornar-me escritora à vera, conhecida e respeitada.
39. Fazer curso de teatro.
40. Organizar uma festa de Princesa.
41. Ter um carro pequeno para eu dirigir e me sentir grande.
42. Ajudar pessoas a melhorar de vida.
43. Amar e que seja eterno enquanto dure.
44. Resolver as pendências da vida.
Saborear
45. Preparar um prato maravilhoso para amigos.
46. Provar dos melhores vinhos do mundo.
47. Beber cerveja da "fonte".
48. Aproveitar todas as delícias de um restaurante inusitado e sensacional.
Projetos
49. Criar projeto voluntário para inspirar/motivar pessoas a ter sonhos e concretizá-los
50. Manter novos sonhos para uma nova fase, levando junto comigo muitas pessoas acreditarem que os sonhos são possíveis.






MAIS RECENTES

ASSINE POR EMAIL

Copyright © 50 COISAS ANTES DOS 50 - VERA LORENZO

Todos os Direitos Reservados