12 de maio de 2014

Entrementes - 5 reflexões para a vida

Suspiro. O tempo me engole rapidamente e eu busco mais segundos, minutos, horas, dias, meses para dar conta de tudo que eu tenho e que gosto de fazer. Duas coisas, duas mentes distintas e os entrementes afogados em obrigações financeiras, maternais, obrigações dinâmicas do dia a dia.


Estacionei. Fiquei nos entrementes. Essa condição de inércia me devora e me cobro violentamente o movimento em todas as áreas da vida. Cobro-me o exemplo a dar para quem me ler. Cobro-me a ação desafiadora.

O inevitável questionamento: não estaria eu bem resolvida comigo mesma? Onde está o erro ou o defeito de fabricação? Ninguém é resolvido 24 horas por dia, 7 dias por semana, por uma vida toda.
Todos temos fases, pontos de interrogação e momento horizontal de reflexão. A reflexão é necessária para se avaliar os entornos e os próprios desejos. Reflexão não é tempo perdido. É tempo ganho e aliado de novos caminhos na vida.

Pensemos juntos. É possível correr, fazer, agir, agir mais, interagir sem a consciência dos movimentos físicos ou emocionais? Não falo em parada técnica para respirar depois de exercícios ou sentar no fim do dia diante do computador, da televisão. Falo em parada reflexiva. Falo em pensar e soltar cadeados e amarras.

 

Com a parada, algumas reflexões.
1. A vida é uma só
Óbvio demais, simples demais, extremamente verdadeiro no entanto. Não há uma segunda chance conhecida no nosso mundo terrestre. Conscientize-se disso.

2. Ser feliz é um projeto inadiável
Não há como postergar o projeto da felicidade. Não se acomode com o frio, o morno, o mais ou menos. Há tanta alegria na descoberta da felicidade à vera. Experimente.

3. A perfeição não existe
Haverá sempre algo ruim nas escolhas boas (exemplo: quando se tem filho, é maravilhoso, a melhor coisa do mundo, mas você deixa de ter liberdade total de ir e vir). Haverá sempre algo de bom nas escolhas ou nas situações ruins (quando uma relação termina, você necessariamente é convidado a refletir sobre você e buscar seus novos caminhos). O aprendizado está aí em todos os momentos da vida para que você o colha e aproveite dele.

4. Nas coisas pequenas, grandes alegrias
Descubra as alegrias grandes nas coisas pequenas. Aquecer-se sob o sol, poder caminhar por aí, encontrar com amigos, dar risadas. Acordar depois de um bom sono, participar de momentos com quem você gosta.

5. Mexa-se
A vida passa e não dá para ficar parado. Literalmente. Empurre-se, mova-se. Vá. Cultive o exercício físico, o contato com o ar livre. Mexer o corpo acende a alma, abre o espírito. Renova. Não adie seu projeto corporal. Cuide-se bem.


Remexer nas letras e nas palavras faz vibrar o coração e a alma. Modifica a batida do coração. 
A ordem do dia e de todos os dias da minha vida é viver. Viver segundo a minha pulsação positiva. 
Viver para trocar, somar e todas as operações matemáticas que acrescentem vida à vida minha e de quem me vê, me lê e me ouve.

Boa segunda-feira para todos. Feliz Dia das Mães atrasado (ou adiantado).

Nosso próximo encontro será em breve.

Beijos carinhosos.

MAIS RECENTES

ASSINE POR EMAIL

Copyright © 50 COISAS ANTES DOS 50 - VERA LORENZO

Todos os Direitos Reservados