2 de janeiro de 2014

Tum tum bate coração - é 2014!


2014 começou com o coração disparado. Depois do planejamento e grandes aventuras para as 50 coisas antes dos 50, a data se aproximava.

Tantas delícias, tanto aprendizado num ano só e a certeza inexplicável que o aprendizado estava só no início. Foram viagens, encontros, espiritualidade aflorada, amizades reunidas, amizades de ventos novos, remadas, sacadas, pulos, saltos, corridas, sonhos, a descoberta do amor.

Não teve chuva que me parasse, medo que me congelasse os sonhos, desafio que eu não vencesse de peito aberto. Não tive medo de mim e nem do meu sucesso. E nem duvidei que iria chegar lá. Acreditar verdadeiramente nos sonhos foi meio caminho andado para que cada um deles se concretizasse diante dos meus olhos.


Um ano para ficar na história. Muitas histórias que transcenderam o blog, as coisas, ou o mero objetivo em si. As remadas que se tornaram parte do meu dia a dia, a corrida que me deu fôlego para continuar, os saltos para a liberdade e para um mundo melhor. A busca da espiritualidade em todas as suas formas. Minhas viagens fantásticas para ver o rei ser coroado na Holanda, ver o papa Francisco em Roma (antes de vir ao Brasil), nadar com os golfinhos, pular de um prédio de 108 andares em Las Vegas. Outras ainda virão antes dos 50 em ritmo acelerado.

Para fechar as 50 coisas, eu teria que usar chave de ouro e, por isso, decidi que o prazo das 50 coisas terminaria no dia da grande festa que vou organizar para celebrar as conquistas.

Cinquenta não era apenas um número no peito como nas corridas de que participei. Não eram tons de cinza, aliás eram tons de cores vibrantes. 50 era uma marca de vida. Mesmo com a sensação clara de que meus 50 seriam como 30 e poucos.


A idade é um número relativo. A comemoração de um ano novo pode representar a comemoração de todos os dias de sua vida. Quem define sua idade é seu coração e sua mente - e eu diria mais - um sorriso sempre largamente aberto para o que se vê pela frente. E eu estou sempre pronta a sorrir, a compartilhar, a somar.


Como bem diz a garrafa do refrigerante, a magia está em você.
Dentro de mim, faço a magia se fortalecer e incluir meus amigos, meus queridos, quem me lê, quem me incentiva. As magias se criam e se avolumam dentro de mim.

Neste ir e vir de tantos afazeres, quero deliciar-me com cada fatia das 50 coisas. Por isso tiro o pé do acelerador das últimas coisas e assumo uma a uma com o carinho e a dedicação necessárias a uma grande vitória.

Ano 2013, a retrospectiva. Ano de novos prazeres vivenciais. Prazeres da boca, das pernas, dos olhos, dos braços. Prazeres também do amor que se inicia temperado pelas surpresas que o destino nos reserva.


Provar e amar também estavam no cardápio das 50 coisas. Definir que "descobrir o amor da sua vida" era uma "meta" soava estranho, mas não sou de titubear, escrevi e pronto. Era só acontecer. E aconteceu do jeito menos usual possível, de um acaso inexplicável e lindo. De duas almas de duas origens numa mesma sintonia.

Ano de eu, você e nós dois. Duas bebidas, vários tim-tins: a cachaça é viver à vera. Viver lindamente, liberando positividade por onde se passa.


Bebidas, comidas, passos largos, novas aventuras.
Agora já tenho desenhado os próximos passos:
- esquiar em Denver
- mergulhar nas Ilhas Cagarras
- ir para Buenos Aires e dançar um tango
- pintar
- fotografar
- fazer um jantar de gala
- redescobrir a minha cidade
- viajar com minha equipe
- pular de paraquedas com meus filhos
- entrar com o Fluminense em campo
- utilizar meus conhecimentos de coach de verdade
- trabalhar como voluntária
- cantar
- inspirar!

Morder as medalhas, as chances que eu tenho com toda a força e garra e não deixar escapar nenhuma coisa boa. Criar ao meu redor ares de sonhos para quem precisa e se conecta com meus sentidos.


Perseverar e multiplicar o conhecimento. Fomentar a leitura, a busca pela felicidade e pela arte do saber.

Antes da grande festa dos 50 anos, quero ensinar uma legião de pessoas a sonhar e acreditar nos sonhos.

Será que sonho alto demais? Nada é alto demais para quem sonha. Nada.

Ano de 2014 já é tudo de bom. Por isso feliz 365 dias do ano. Celebre todos os seus momentos. São raros de uma vida curta que levamos.


Estaremos conectados, juntos em 2014.

Beijos renovados.

MAIS RECENTES

ASSINE POR EMAIL

Copyright © 50 COISAS ANTES DOS 50 - VERA LORENZO

Todos os Direitos Reservados