12 de março de 2013

Desafio de sair da zona de conforto

O que seria zona de conforto? Zona de conforto é continuar fazendo o que você sempre faz, dia após dia, continuar agindo, reagindo do mesmo modo. Zona de conforto é onde você não muda. Continua no seu mundo.

Por outro lado, se está na zona de conforto, não espere nada mudar. Você é que precisa sair. Eu saí!

Eu mesma, consciente dos problemas da minha zona de conforto, criei minhas metas e não só coloquei no papel, como coloquei no meu blog para compartilhar com vocês. Só assim pude iniciar os movimentos em direção à mágica da vida.


Sair da zona do conforto no início pode significar apenas sentar em outra cadeira, trocar a cor da blusa, andar pelo outro lado da rua. Levantar mais cedo, ligar para um amigo antigo, marcar um café da manhã com alguém querido durante a semana ou no domingo. São essas pequenas coisas que geram o início dos movimentos.

Vejamos bem, vamos pensar juntos: se você vestir uma blusa ou uma camisa vermelha ou rosa, que sentimento geraria em você? Se você ligar para alguém querido e marcar um café da manhã gostoso, que reação vai guardar no peito? Se mudar o lugar onde senta, o horário que levanta, abrir um sorriso de ponta a ponta, o que acontece por dentro?
E ainda só falo de pequenas coisas da vida pessoal. Sair da zona de conforto é para sua vida como um todo.


Mergulhe num novo universo de emoções.
Deixe-se levar pelas novas águas, novos cheiros, novas sensações.

Olhe para frente e veja como é lindo, sempre há um lugar mais lindo à sua frente.


Todos os paradigmas deixei para trás: o medo de voar, a dificuldade de interagir para desfilar numa escola de samba, dificuldade de jogar tênis, o cansaço e desestímulo de aprender um novo idioma, a total impossibilidade de levantar cedo (e mais ainda de subir numa prancha de stand up paddle e ir até uma ilha).


O resultado é gratificante, gostoso, saboroso, tão bom que todos à minha volta percebem a diferença agora que eu saí da zona de conforto. Se eu posso, você pode também.

Então:

Saia agora da zona de conforto. Venha comigo, me acompanhe! Preciso das parcerias, das pessoas ao meu lado, preciso que as pessoas se mexam, busque seus sonhos comigo e me ajudem a conquistar os meus. Preciso de novos mentores, inspiradores, cuidadores até.


Para começar, basta uma coisinha bem simples que te dê alegria, reconhecimento pela mudança.
Basta fazer, agir. Não espere amanhã, nem 2ª feira, planeje seu dia de hoje, mude o que pode mudar nesse minuto. Pense em alguma coisa e faça.


Hoje pensei em vocês que leem meu blog. E decidi falar como comecei a agir, porque quero ver vocês em ação comigo. Estou pedindo muito?

Levar as pessoas junto comigo rumo aos seus próprios desafios é um dos meus 50 desafios.
Se não está pronto, apronte-se. Vamos, é hora! Vamos mergulhar na nossa vida, nos nossos sonhos!



Mãos à obra!
E não esqueça!

Esse texto é uma homenagem a Oldemar Bandeira e Denilza Bernardes.

MAIS RECENTES

ASSINE POR EMAIL

Copyright © 50 COISAS ANTES DOS 50 - VERA LORENZO

Todos os Direitos Reservados